Entrada é gratuita.

Exposição faz parte das festividades da Semana de Arte do Cearte.

Fotografia de quilombos, da exposição 'Kipupa Caiana', em João Pessoa Hélder Oliveira/Kipupa Caiana Uma exposição de fotografias de quilombos da Paraíba e de Pernambuco está aberta na Usina Cultural Energisa até o dia 31 de janeiro, em João Pessoa.

"Kipupa - Caiana: de malungo pra malungo" acontece de terça a sexta-feira em horário comercial, e durante as noites das quintas, sextas e fins de semana.

As fotos são dos professores Allan Luna e Helder Oliveira.

A entrada é gratuita. A exposição, que faz parte das festividades da Semana de Arte do Cearte e tem curadoria de Thayroni Arruda, sendo realizada pela Galeria das Quinze Portas. Allan Luna e Helder Oliveira registram nas fotos as facetas de dois emblemáticos grupos de população negra, respectivamente, Pernambuco - Quilombo do Catucá, na Zona da Mata Norte, entre Recife e Goiana; e Paraíba – Quilombo de Caiana dos Crioulos, em Alagoa Grande. Em relação ao título da exposição os fotógrafos explicam que “malungo é traduzido como “companheiro”, “amigo”, “camarada” e identifica as pessoas que vieram para estas terras no mesmo navio negreiro.

Kipupa é união, associação de pessoas em torno de um objetivo.

"Kipupa - Caiana: de malungo pra malungo" é uma ponte entre dois agrupamentos de resistência negra, de dois estados do Nordeste, e entre os vários malungos dessas duas localidades". “A narrativa visual, que costura as imagens do Kipupa e de Caiana, nos faz refletir sobre a alegria, a autoestima e a força da identidade e ancestralidade da cultura negra, em um constante lutar e resistir.

A música, a dança, as relações que se constroem, são aqui registradas por ambos os artistas e em ambos os lugares de memória.

Uma verdadeira dança de um povo, cheia de equilíbrio, força, delicadeza e musicalidade, sobre a qual se sustenta um enorme senso de comunidade e pertencimento”, frisa o curador da exposição Thayroni Arruda. Exposição 'Kipupa - Caiana' Fotógrafos: Allan Luna e Hélder Oliveria Entrada gratuita Data: até 31 de janeiro de 2020 Horários: terça à sexta, das 8h às 12h e das 14h às 17h | quinta, sexta, sábado e domingo, também das 18h às 21h Local: Usina Energisa – Galeria Alexandre Filho – Rua João Bernardo de